O Caminho mais Rápido para o Primeiro Milhão

A história que eu vou contar envolvem 3 amigos investidores: Pedro, Caio e Gabriela.

Os três se conheceram quando criança e sempre tiveram uma vontade muito grande de atingir a Independência Financeira.

Certo dia, os três se encontraram e decidiram fazer uma aposta:

Quem dos 3 conseguiria chegar ao seu primeiro milhão antes dos outros?

Pedro tinha uma fixação por resultados. Para ele, o que mais importava em um investimento era o retorno que aquele poderia vir a dar.

Para isso, não poupava esforços no estudo para obter o maior rendimento possível, mesmo que isso lhe custasse horas de trabalho.

Caio era uma máquina de trabalho e sabia poupar como poucos, mas em compensação, nunca teve muito tempo para se dedicar aos investimentos. Dessa forma, seus rendimentos se restringiam à sua poupança.

Já Gabriela, tinha um pouco dos dois, ela gostava de poupar desde jovem e sempre procurou entender um pouco como funcionava o mercado de investimentos.

Até mesmo procurou acompanhamento profissional, o que levou a se tornar uma boa investidora, mesmo que não fosse alguém da área.

Conhecendo os três perfis apresentados, quem, na sua opinião, teria mais chance de chegar ao seu primeiro milhão antes dos outros? Leia até o final para conhecer o ganhador.

Neste artigo você vai conhecer:

A maior lição de matemática da sua vida

Se você tem algum filho ou sobrinho que esteja perto do 7° ano (6ª série para os mais antigos), faça-lhe o favor de pedir que preste bastante atenção nas aulas de matemática.

O motivo é muito simples, já que tudo o que ele precisa saber para ser um bom investidor estará sendo lecionado neste ano: juros compostos.

Os juros compostos são a força mais poderosa do universo e a maior invenção da humanidade. (Albert Einstein)

Tento, na minha cabeça, recordar de alguma lição na minha vida escolar e universitária algum assunto tão importante quanto esse para os meus investimentos.

O poder dos juros compostos está atrelado a 3 principais parâmetros, a saber:

Considere o seguinte exemplo dos 3 amigos que citei no início do texto:

Tabela 1: O impacto das taxas de rendimentos das suas aplicações

Obs.: Essa tabela foi construída com esse Simulador de Rendimentos. Clique aqui para baixá-lo gratuitamente.

Na Tabela 1, foram considerados um valor inicial de R$ 20.000 apenas para exemplificar. Observe que, nos 3 casos, os amigos ultrapassaram as suas metas de alcançar o seu primeiro milhão

Considerando verdade, fica claro que Pedro seria o primeiro a atingir a sua marca, visto que teria o melhor rendimento entre os amigos.

Taxas de Rendimento Elevadas são possíveis?

Você provavelmente pode pensar: “É claro, João, Pedro é o que pretende ter os melhores retornos, obviamente que ele terá o melhor desempenho. Se ele conseguir manter por mais tempo, terá um excelente resultado.”

Tenho uma notícia boa para você e outra ruim: a boa é que você está certo e a ruim é que isso é muito improvável que ocorra.

Nem mesmo um dos maiores investidores de todos os tempos, Warren Buffett, possui uma taxa de retorno tão alta. Buffett conseguiu manter uma média de 22,3% ao longo de sua carreira.

Clique aqui para ler o artigo 13 lições de Warren Buffett para você ser bem sucedido.

Assim, se alcançar um resultado tão expressivo é algo fora do comum até mesmo para os investidores mais experientes, como Pedro poderá garantir que conseguirá esse rendimento por mais de uma década?

Além disso, Pedro provavelmente tem outros trabalhos para fazer, porque investir não é sua profissão, o que limitaria seu tempo para investir profissionalmente.

Esse é o motivo pelo qual Pedro dificilmente conseguiria alcançar o seu primeiro milhão na meta desejada (de 15 anos).

É muito mais fácil elevar o seu rendimento de 10 a 15% do que de 20 a 25%, e mais difícil ainda é manter esse resultado por mais de uma década. Isto exige uma experiência de anos no mercado financeiro.

O Fator Tempo

Em contrapartida, o outro parâmetro, o tempo, apesar de ser um fator exponencial na equação (de juros compostos) ensinada a você na escola, é um fator limitado, visto que geralmente não temos muito mais à nossa disposição do que meio século de vida dedicada à investir.

Além disso, muito provavelmente nenhum de nós pensa em se aposentar muito depois dos 50 anos.

No exemplo mostrado, Caio conseguiu atingir o primeiro milhão em 25 anos, o que pode garantir a Independência Financeira dele para o resto da vida.

Por outro lado, investir em algo com retorno tão baixo pode nem te trazer retornos reais, visto que muitas vezes a poupança não supera nem a inflação.

Está gostando desse artigo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber em primeira mão conteúdo gratuito sobre investimentos.

Como os Aportes aproximam você do seu primeiro milhão

A limitação de pouco tempo e a dificuldade de atingir rendimentos elevadíssimos nos faz olhar para o terceiro e importantíssimo parâmetro: o aporte ou a capacidade de investir regularmente.

A forma que você pensa que se ganha dinheiro com ações é justamente a que te impede de ganhar dinheiro com ações. (Bastter Kwan)

Se você foca muito em resultados, você perde seu tempo de trabalho para se dedicar a um assunto que não é a sua especialidade.

Por outro lado, se você consome parte do seu tempo trabalhando e poupando, as chances de atingir o seu primeiro milhão são potencializadas. Veja a Tabela 2.

Tabela 2: A importância dos aportes na conquista do primeiro milhão

Obs.: Essa tabela foi construída com esse Simulador de Rendimentos. Clique aqui para baixá-lo gratuitamente.

Poupando R$ 500,00 reais por mês (e com um aporte inicial de R$20.000) e considerando um rendimento de 20% a.a. num período de 15 anos, você atingirá o valor de aproximadamente R$ 785.000.

Entretanto, apenas aumentando o valor desse aporte em 500 reais (para R$ 1000), o valor em 15 anos seria de R$ 1.262.000 e em 20 anos, de R$ 3.237.000, ou seja 257% a mais que 5 anos antes.

Esse é o verdadeiro poder do juros compostos e o porquê dele ser tão importante na sua vida.

Veja como 5 anos bastaram para multiplicar o seu patrimônio a partir do momento em que ele já está construído.

Leitura Recomendada: Obtenha um rendimento acima de 19,5% ao ano com a Análise Múltiplos

Isso mostra que, as vezes, perdemos muito tempo útil do nosso cotidiano atrás de uma melhor performance ou de resultados mirabolantes.

Contudo o que pode nos deixar rico de verdade não são os resultados expressivos, mas a diligência de sempre nos preocupar em poupar e ter a paciência de fazer os investimentos corretos.

Atingir o primeiro milhão é simples, mas não é fácil.

Falando em primeiro milhão, quem você acha que ganhou a aposta inicial? Pedro, que focava nos resultados; Caio, que não conseguia rendimentos acima da poupança; ou Gabriela, que sabia trabalhar, poupar e tinha paciência para esperar?

Ao contrario de Pedro e Caio, Gabriela se preocupou em apenas duas coisas: trabalhar e investir.

Dessa forma, ao ter um acompanhamento profissional da área, Gabriela utilizou o tempo livre para investir na sua profissão, o que garantiu mais tranquilidade até para investir melhor o seu próprio dinheiro.

Ela não precisou se preocupar demais com os seus rendimentos para garantir que os resultados fossem satisfatórios para os próprios objetivos.

Leitura Recomendada: Obtenha um rendimento acima de 19,5% ao ano com a Análise Múltiplos

Conclusão

O sucesso nos investimentos depende, basicamente de três fatores:

Você quer entrar no caminho do seu primeiro milhão? Inscreva-se na nossa newsletter para receber conteúdo em primeira mão sobre investimentos: